segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Diário de Uma Rapousa Saudável: Fiz a Jaca de Pantufa! E agora?!

Eu sei, eu sei... Eu tinha prometido esse post para a semana passada, mas juro que não foi preguiça de escrever: foi em parte estratégia e em parte vergonha. Explico:

Desde o meu aniversário (e final do #Projeto36ComMenos6), eu ando sendo, digamos assim, mais liberal com minha alimentação nos finais de semana. E nas últimas duas semanas devido a problemas diversos no escritório e muitos compromissos, consegui ir apenas 3 vezes na academia em cada uma delas. Para agravar ainda mais a situação, uma tpm maldita fora de época (acredito até ser decorrente do estresse) apertou o gatilho da obsessão por doces e aí, não deu outra, enfiei os dois pés na jaca, com vontade e ela estava tão confortável que virou minha pantufinha. :-P



Percebendo que isso aconteceu, ao mesmo tempo que tive vergonha de ter padecido sob o poder da dupla carboidratos + açúcar, achei que seria legal que o próximo post do Diário de Uma Rapousa Saudável fosse, justamente, sobre o que fazer para combater a permanência da jaca nos nosso lindos e magros pezinhos.

Obviamente, vou compartilhar com vocês dicas que me ajudam/ajudaram bastante nesta mudança de hábitos, pois antigamente, meu objetivo era emagrecer para poder comer e, é claro, que eu voltava a engordar, em um círculo vicioso que poderia acabar comprometendo minha saúde. Hoje em dia, incorporei a ideia de que para ser magra pro resto da vida (e com o avanço da idade, isso fica cada vez mais evidente), vou ter sempre que seguir uma dieta e fazer exercícios físicos de forma bastante regular, permitindo-me pequenos prazeres de vez em quando, jamais deixando que esses momentos tornem-se regra.

Já falei por aqui, mas não tem problema repetir: Alimentou-se mal? Bebeu demais? Não é só a gordurinha que vai aparecer: seus cabelos, unhas e pele também  pagarão por isso. Aí é de se pensar: gastamos tanto tempo e dinheiro na busca de beleza e da vaidade e não vamos fazer a parte mais fácil?! Então, vamos às dicas! 



- Retome a dieta na próxima refeição (não no próximo dia, nem na próxima segunda, ou na próxima semana).

- Não fique em jejum por diversas horas após a jaca. Normalmente, as dietas de emagrecimento são já bem restritas e foram elaboradas para atender as necessidades do corpo de cada um. Siga a dieta, comendo nos horários determinados.

- Opte pelas opções mais saudáveis e leves do cardápio da dieta: mais comida de verdade (frutas, saladas, legumes, grãos, carnes brancas,...), menos alimentos industrializados (bolachas, barras de cereal, laticínios, pães...) . Isso ajudará no detox e no bom funcionamento do corpo.

- Tome muita água. Essa é uma dica bacana, inclusive, durante a jaca. Alterne sempre um copo de bebida alcoólica com um de água, por exemplo.

- O descuido com a dieta pode levar também à preguiça de fazer atividade física. Não permita que isso aconteça e mantenha sua rotina de exercícios, mesmo que tenha jacado naquele dia e a vontade seja de ficar vegetando na cama, de barriga pra cima o dia inteiro.

- Se a jaca foi à noite, tome um suco verde em jejum no dia seguinte (aliás, esse pode ser um hábito, né??!). Ah, e evite o uso de sucos engarrafados no suco verde. É muito mais saudável, magro e barato usar meia laranja com bagaço do que um copo de suco Petry. #FicaDica

- Tome chá. Eu tomo o verde, mas tem tantos outros que tem propriedades que ajudam na dieta, como hibisco, cavalinha, chá branco,... No frio, a bebida quentinha ajuda o corpo a manter-se na sua temperatura normal, diminuindo a fome.

- Vocês já perceberam que açúcar vicia? Se comer em um dia, vai ter vontade de comer nos demais. Pelo menos para mim, a melhor estratégia para não comer é não ter ao alcance. Então, se estão de dietas, livrem-se das guloseimas, girls! Mas, caso não seja possível, coma apenas uma porção pequena de sobremesa, pois com o organismo saciado, a chance de exagero é menor.

- Ah, mas eu só saio da dieta "um pouquinho no final de semana"... Então, adotem a seguinte técnica: Pesem-se na sexta-feira e na segunda-feira após, de novo. Se o ponteiro aumentar, está na hora de redobrar a atenção ao que se come/bebe no final de semana. Ou seja, aquela jaca não era assim tão inofensiva, né não?!

- Se decidirem sair da dieta em alguma refeição, optem, apenas, por uma jaca: se comeu aquele pãozinho com alho, carne gorda e salsichão no churrasco, deixe a cervejinha e a sobremesa de lado. Equilíbrio é tudo!

- Não deixe de fazer avaliações periódicas. Fazer um controle do peso e dos percentuais de gordura e massa magra, ajuda a direcionar a dieta. Além do mais, o fato de termo um compromisso com um profissional, seja nutricionista ou personal e de estarmos pagando por isso, ajuda a seguir o plano sem jacar.

- Por fim, olhe-se no espelho, orgulhe-se das suas conquistas e lembre-se o quanto de esforço e dedicação você empreendeu para chegar até aqui. Isso vale muito mais do que o prazer de um bombom que não vai durar mais do que 1 minuto. E eu sigo na luta, porque ainda não cheguei lá!



Um beijo a todos e uma ótima e linda semana!

***

P.S. Os posts de Diário de uma Rapousa Saudável são a respeito da minha experiência pessoal, SEMPRE assessorada por profissionais do ramo. A dieta que serve para mim pode não servir para você. Antes da adoção de qualquer mudança de hábitos, CONSULTE UM ESPECIALISTA!