quarta-feira, 28 de maio de 2014

Diário de Uma Rapousa Saudável: #Projeto36commenos6 - Days 1 e 2

Adoro uma citação do Carpinejar, que não pode ser mais verdadeira e diz: "Não há justiça no amor. O namoro engorda, a separação emagrece"

Brincadeiras à parte, ouço de uma porção de gente a confissão que engordou depois que começou a namorar ou que se casou. Me parece que é algo bastante óbvio: na condição de casais, as programações gastronômicas tomam proporções enormes, quase catastróficas (Drama Queen = eu!). E o inverno, gente? É um tal de risotinho pra cá, vinhozinho pra lá, fondue acolá.

Pecados gastronômicos


Faço essa introdução para também fazer minha confissão: ENGORDEI neste primeiro ano de namoro. E foram 3 kgs na balança nos últimos tempos!

Ops, engordei...


A princípio não parece muito e quem convive comigo diariamente sequer percebeu. Nem as roupas estão (tãoooo) apertadas. Mas a avaliação da minha nutri Renata Rudoi Schwartz, que é feita através de um moderno aparelho que, literalmente, escaneia todo o nosso corpo, detalhou uma situação que me deixou com cabelos em pé: em pouquíssimo tempo ganhei 5% de gordura e grande parte dela acumulada na região do tronco, ou seja, no barrigón! (inserir emoji do macaco com mãos nos olhos).

Claro que esse péssimo resultado não se deu só em razão da comilança, mas também porque minha rotina de trabalho intensa nos últimos meses fez com que eu baixasse minha frequência na academia. Quando chegava fim do dia, eu só queria ir pra minha casinha, tomar um banho bem quente, jantar, brincar com minha cã e desmaiar.

Um belo final de dia: minha cã e boas leituras


Éééééé, minha gente: vai ter copa, mas um pouco menos para mim, pois decidi tomar vergonha na cara e me dedicar a recuperar minha forma física, já que em pouco mais de 1 mês, eu completo 36 invernos e quero estar fininha nas fotos! :-P

Fiz a consulta ontem, mas só recebo minha dieta na quinta-feira. A Rê já me adiantou, porém, que será bem mais restritiva do que a atual e que haverá suplementação. Ela disse que eu poderia começá-la  partir de quinta ou de segunda, para ter tempo de organizar a nova rotina, mas decidi começar imediatamente a cortar os excessos e seguir à risca a dieta que ela tinha me passado anteriormente. Assim, já vou preparando corpo e espírito para nova dieta. Coloquei como meta, também, treinar com minha personal 3 vezes na semana e fazer outros 2 dias, pelo menos, de aeróbico, o que até agora estou cumprindo com louvor.



Ou seja, nos próximos 45 dias, com Copa ou sem Copa, seguirei à risca minha dieta e meu plano de exercícios físicos (com direito a 1 refeição livre na semana, of course).



Decidi fazer um diário desta saga, como forma de incentivo. Se eu furar ou não chegar ao objetivo proposto pela Rê, vou morrer de vergonha das minhas leitoras felpudas queridas (e também dos leitores) e isso ajuda muito na hora do dilema "pecar ou não pecar?" 

Obviamente, por terem sido prescritos especialmente para mim, de acordo com minhas necessidades e condições físicas e de saúde, não vou passar qualquer dieta ou treino por aqui, mas apenas contar das venturas e desventuras deste meu novo projeto.

O interesse da Rê é que eu diminua percentual de gordura e ganhe massa magra. Ela me propôs o objetivo de menos 4,5kgs de gordura e mais 2 kgs de músculo em 30 dias, mas minha meta pessoal é chegar nos 36 com 6kgs de gordura a menos (já tinham uns 3 kgs que eu já queria perder de antes hehehe #quemnunca), que dá exatamente, essa meta de menos 1kg por semana.

Como disse antes, comecei imediatamente o #Projeto36commenos6. Ontem fiz aula com minha personal + 40 minutos de corrida e não houve #roubadinhas nas refeições.

Musculação + Cardio: 01h e 14min - Uouuu!


Já hoje, como malhei na hora do almoço e não deu pra fazer mais um tempo de aeróbico, nosso treino foi um circuito bem puxado, misturando funcional e corrida.

Foto zero glamour para comprovar que mesmo querendo sombra e água fresca 
(ops, vinho e massa 4 queijos kkkk), eu tô indo lá malhar todos os dias


Quanto à alimentação, já tomei algumas providências: me disciplinei a tomar mais água (estava falhando nisso também), cortei o refri zero  claro que também não tomo o normal, né gente? Kkkkk), substitui alimentos industrializados por comida de verdade (mais frutas, saladas e verduras) na medida do possível e investi em alimentos quentinhos como sopas e chás. Quando a nova dieta chegar, farei as adaptações necessárias.

Vou adorar que vocês compartilhem comigo suas histórias e dicas por aqui! E espero que vocês curtam muito esse Diário de 45 dias!

Besitos Muchos, Z.

***

Os posts de Diário de uma Rapousa Saudável são a respeito da minha experiência pessoal, SEMPRE assessorada por profissionais do ramo. A dieta que serve para mim pode não servir para você. Antes da adoção de qualquer mudança de hábitos, CONSULTE UM ESPECIALISTA!

2 comentários:

Renata Rudoi Schwartz disse...

Adorei, Adorei, Adorei. Tenho certeza absoluta que vais conseguir chegar nos objetivos planejados. Eu e tuas leitoras já te admiramos. Segue a dieta, qq coisa estou aqui. Beijos da tua nutri

Anônimo disse...

Tamo junto! Já lia o blog antes e por coincidência também sou paciente da Rê. Também estou nessa luta de baixar o percentual de gordura, perder uns kilinhos! Já se foram 4 em 2 meses! \o/ Beijos Lud