terça-feira, 14 de maio de 2013

Diário de uma Rapousa Saudável: Chá Verde

Se eu pudesse dar apenas uma dica a vocês, ela seria: tomem Chá Verde! É amargo e enjoativo, se tomado em grande quantidade, porém os benefícios são tão evidentes na minha vida, que adotei tomá-lo como remédio e hoje já estou bem acostumada.


PROPRIEDADES


Comecei a tomar o Chá Verde por indicação da minha nutri Luiza, que me explicou que o bendito é o único alimento que, comprovadamente, auxilia na queima de gorduras, contanto que seja tomado na forma de infusão de ervas (chá de saquinho não vale) e, pelo menos, 1L ao dia.

A bebida é rica em catequinas, substâncias que combatem a inflamação e os radicais livres, além de possuirem efeito termogênico, ajudando a reduzir a concentração de gorduras no sangue.

Ele contém quantidades consideráveis de manganês, potássio, ácido fólico, vitamina C, vitamina K, vitamina B1 e a vitamina B2, nutrientes que são essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Não fosse apenas isso, combate radicais livres, previne cancer, AVC, reduz colesterol ruim e fortalece o sistema imunológico, prevenindo infecções, inflamações, cáries e muitas doenças causadas por vírus, bactérias ou fungos e, dizem, até, que afasta a depressão.

MODO DE USAR


O chá verde não deve ser tomado logo após as refeições, pois a cafeína prejudica absorção do ferro, do cálcio e da vitamina c, pelo organismo. Então, o ideal é esperar cerca de uma hora após as refeições.

Eu tomo na parte da manhã, antes do almoço ou à tarde até umas 16h para não influenciar no meu sono, pois a cafeína é estimulante do sistema nervoso e quem tem sensibilidade à mesma, deve consultar um profissional especializado para saber se pode tomá-lo.

O uso do chá não é recomendado para gestantes, indivíduos com hipertensão, glaucoma e doenças psiquiátricas.



O chá deve ser preparado do da seguinte maneira: aqueça 1L de água em recipiente adequado. Antes de ferver (quando as bolhinhas começam a subir), desligar e colocar 4 colheres de sopa rasas da erva. Deixar agir de 3 a 5 minutos de acordo com gosto (eu gosto mais forte e deixo 5 minutos) e depois coar (uso dois tipos de coador - um maior para coar a quantidade maior e outro menorzinho para não deixar o pózinho no líquido) e coloco em uma térmica para tomar ao longo da manhã.
O chá verde pode ser tomado quente ou frio, sem alteração das suas propriedades (prefiro quente). Quem não gosta do amargo, pode acrescer mel ao chá (bater no liquidificador) ou incluir outros ingredientes: suco de limão, chás de fruta, gengibre,...

Deve-se tomar o chá em um período máximo de 24 horas, recomendando-se, -repito-, que seja tomado durante o dia.

CHÁ VERDE X CHÁ BRANCO

Há um tempo atrás, li no Blog da Lolitta Hannud (Lov it) sobre o chá branco e fiquei super animada pela promessa de ter as propriedadeds do verde potencializadas.


 Os defensores do Chá Branco asseveram que:

"Pesquisas comprovam que o Chá Branco possui efeitos maiores que o Chá Verde e, além disso, possui um sabor mais suave. Tanto o Chá Branco como o Chá Verde são extraídos da planta Camellia sinensis, a diferença está no momento da colheita. As folhas do chá branco são colhidas ainda jovens, antes de passarem pelo processo de oxidação. Na sua penúgem esbranquiçada, possui uma concentração 40% maior de catequinas e polifenóis, que são substâncias altamente antioxidantes e termogênicas, podendo possuir um efeito emagrecedor maior do que o chá verde."

Consegui comprar no Mercado Público (não achei em ervas no Zaffari, nem no Nacional) e, de fato, o gosto é muito mais agradável. Na minha experiência, contudo, não percebi os mesmos benefícios do chá verde.

As propriedades mais potecializadas também me fizeram mal ao estômago em alguns dias. Não notei o poder diurético maior. Muito antes pelo contrário: me senti mais inchada em algumas oportunidades. Evidentemente, que tais sintomas podem ter ocorrido pela soma de outros fatores, mas na comparação, resolvi voltar ao Chá Verde.

A opinião de diversas nutricionistas é de que ambos possuem propriedades equivalentes. Para quem não tolera o gosto, vá de chá branco, sem dó, nem piedade, porque o gosto sim, é infinitamente mais agradável.

***

P.S. Os posts de Diário de uma Rapousa Saudável são a respeito da minha experiência pessoal, SEMPRE assessorada por profissionais do ramo. A dieta que serve para mim pode não servir para você. Antes da adoção de qualquer mudança de hábitos, CONSULTE UM ESPECIALISTA!

Nenhum comentário: