terça-feira, 31 de maio de 2011

Um dia de Rapousa... ou Nossa Nada Mole Vida


Celular desperta. Aciona o soneca. Só mais 5 minutinhos. Levanta. Ia ligar torneira na água quente, mas lembra do meio ambiente. Limpa, tonifica e hidrata o rosto tiritando de frio. Escova os dentes. Desce pro café. Microondas no conserto. Esquenta leite desnatado na leiteira e sanduíche de 1 fatia de pão integral com queijo minas na torradeira. Aproveita para esquentar água do chá verde, enquanto devora 1 fina fatia de melão e passa os olhos pelo Correio do Povo. Separa o lanche da manhã. Volta pro banheiro. Passa Fio Dental. Escova os dentes. Passa hirudoid no roxo monstro da batata da perna, adquirido durante comemoração do gol nas cadeiras perpétuas do Beira-Rio. Fica louca para matar a massagem de 15 minutos de contractubex na cicatriz hipertrófica ainda em atividade, mas suspira e se dedica. Enfia a roupa escolhida no dia anterior. Vai começar a maquiar. Lembra que esqueceu do protetor solar. Tic. Tac. Tic. Tac. Malditos 5 minutinhos a mais. Pega a bolsa. Pega a térmica. Vai a pé até o escritório que fica a uma quadra (Isso sim é ser uma mulher de sorte em Porto Alegre hoje em dia, em que o trânsito está infernal). Senta, folheia o Jornal do Comércio, atentando somente para as manchetes. Abre duas contas diferentes de email. Atualiza Notas de Expediente e responde pendências de trabalho. Anota os prazos. Trimmm... Cliente mala sem a nada para fazer ligando pela enésima vez em dois dias porque viu que o processo contra uma uma operadora de telefonia qualquer a lesou (aprenda a não advogar por piedade) teve andamento no saite* do TJRS. Maldita inclusão digital! Atende, uma, duas, dez ligações ao longo da manhã. Revisa processos. Prepara audiência. Faz algumas petições pendentes. Responde ao email das amigas neste meio tempo. Dá uma fuçadinha rápida no Facebook e publica algo inteligente (já tive algumas abordagens na rua parabenizando minhas postagens na rede social idealizada pelo Mark Zukemberg). Manda os chatos no MSN respeitarem o status (OCUPADO!), mas toda hora que dá uma oportunidade troca figurinhas com a mestra Louise. Toma chá verde, neste interim. Toca o celular. Melhor amigo está em Porto Alegre e quer almoçar no lugar de sempre. Não sabe se dá tempo. Ele faz chantagem emocional, como de praxe. Tá bem, aceita o convite, mas, antes, tem sessão de terapia. Avisa que consegue chegar só às 12:30! São 12:40 e ainda está no divã da Fernanda. Sai, literalmente, voando, sem atender as insistentes ligações do amigo que já ameaça, através de sms, ir embora. Calma, tá chegando! Rodízio de japonês é sacanagem. Tenta almoçar só 10 peças, mas quando vê, já estamos no terceiro espetinho de frango agridoce. Manda mais um daquele da palhinha. É erva doce, corrige o garçom. WTF! Melhor amigo conta das suas peripécias na terra do pão de queijo. Ela conta que tatuaram all star nas suas -agora magras- nádegas. Ele diz que avisou e que desde a primeira vez que viu o dito cujo achou que não era para ela. Engraçado como melhor amigo trata a gente como brother, mas nunca nenhum homem é bom suficiente para a gente. Grande consolo. Vamos trocar de assunto durante o café? Tomam café no lugar de sempre. É hábito ele pagar o café: um expresso duplo para ele um carioquinha para ela. Sempre deixam o docinho no pires. Ela toma a água dela e a dele. A conversa é, permanentemente, interrompida pelos mil conhecidos que circulam pela Padre Chagas. Ela avisa que tem que ir. Audiência logo mais. Não sem antes passar na farmácia e comprar todos os itens que estão acabando. Chega cedo na Justiça do Trabalho e fuma calmamente um cigarro. Único instante de descanso do dia. O cliente chega. Relembram os principais pontos e maldizem a parte contrária. Tudo conluio! A audiência atrasa em mais de uma hora. Aproveita para providenciar cópias e protocolizar petições. Não querem ouvir o cliente. Ouve a reclamante. Instrução encerrada. Juíza reclama que as razões finais são longas. Piada de mau gosto! E o atraso da audiência? E o voo que o cliente perdeu? Volta pro escritório, comendo banana com granola, a moda miguelão. Retorna ligações, responde mais meia dúzia de emails. Faz um mimimi básico pra Louise via MSN de dor de amor. Termina outros prazos. Encerra expediente. Liga pra Iaiá: Vamos para academia? Alonga. Circuito pegado: 50 minutos entre corrida e musculação. Não pára, não pára, não pára não! Acaba o treino. Alonga de novo. Troca a roupa molhada pra não ficar doente. Pega ficha pra cadeira do anão**. Só 5 minutinhos??? Affff... Pega o carro, larga a amiga em casa, deixa o carro no escritório e volta a pé para a residência. Direto para o banho. São 3 tipos de sabonetes diferentes, esfoliações diversas e massagem capilar. Seca cabelo. Põe pijama. Hora da janta: monta salada e um pratinho com pouco carboidrato, pouca proteína e muita quantidade dos vegetais da lista A e B. Acha que vai sentar para ver o Jornal Nacional. Lembra-se que marcou Sarau Elétrico com Confraria dos Emails: Maudrey, Dani, Pati e Louise. Pensa na roupa enquanto termina de devorar a janta. Se chegar tarde, não consegue lugar bom, ainda mais hoje que é Carpinejar! Escolhe uma calça, blusa de linha e colete de pêlos (fake, fo course). Opta pela sapatilha, pois o cansaço é grande. Nada de passar chapinha ou colocar lente de contato. Não dá tempo. Passa fio dental, escova os dentes, prende o cabelo e sai correndo. Chega a tempo. Troca ideia com as amigas. Curte o Sarau, ainda que esteja caindo de sono. Na saída, encontra um antigo pretendente saindo do Odessa. Lembrava que o diálogo não era dos melhores, mas optou pela simpatia e pela falta de ânimo de mandar pastar:

P***= No Sarau, então, hein???? (gênio) Virou alternativa??? (Hein?) Só falta dizer que votou na Dilma?! (Affff....)

P= Tá magrinha! (melhorou um pouco). Tá tomando remédio??? (Arghhhh)


P= Pôxa, legal mesmo te ver. Vamos marcar alguma! Me liga! (Oh, yeah, in your dreams!)


Por fim, solta a seguinte pérola para quem quisesse ouvir em plena João Telles:

P=Tu fica muito mais gostosa quando tá de salto alto. Fica a dica, hein? (não consegue responder de tão atônita e estupefata)

Podia dormir sem essa, né? E pensar que, ao chegar em casa, tem todo o ritual do limpa-tonifica-hidrata, hirudoid, contractubex,... E quem disse que era fácil ser Rapousa****?

*Ironia à lei que proíbe os estrangeirismos aprovada pela Assembleia Legislativa do RS.

**
cadeira de massagem da smart fit. A massagem é tão completa que parece que tem uma mini pessoa lá dentro, te massageando.


***
P de Pretendente. Não pense, bobagens!


****
Ou qualquer outra mulher que trabalha, estuda, se cuida, é independente,...

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Esmalte da Semana: Sweet Tart da Revlon


Fui passar um belíssimo final de semana em SP e para tanto, escolhi a cor Sweet Tart da Revlon: rosa barbie, meio teenager, mas belo. A primeira foto é da minha própria mão, mas como a única foto decente que tirei foi esta, a noite, com flash, procurei outra foto na internê que traduzisse a exata cor do belo esmalte.


O meu querido amigo Saulo estava comigo em Sampa, no Serafina, mais especificamente e quis participar do "Esmalte da Semana". Como vocês podem perceber, Saulo só apara as garras, mas diferentemente do muso Carpinejar, não as pinta. Mas vai lá, né galera, tá bonitinha a mão do Saulo, né? Hahahahahaha.

terça-feira, 24 de maio de 2011

Flashes Aniversário Luana Mônaco

Minha querida amiga Luana, Rapousinha Mourena, completou ontem 25 outonos, em seleta festa para os amigos mais próximos. Ela tava linda, as usual, de vestido Zara e sapatos costumizados por ela. Adorei! Fiz poucos e bons registros! Parabéns, amiga! Muita saúde, sucesso e felicidade sempre!


Parabéns a você!


Vestido Zara


Lu + Z.


Meu look: Calça com detalhes laterais em couro Forum,

Blusa de Lurex Borda Barroca e Sapatos Schutz.

sábado, 21 de maio de 2011

Esmalte da semana: Edição Dupla: Candy da Revlon e Breu da Panvel

Nesta semana não teremos apenas um, mas dois esmaltes da semana. É que minha irmã Dedé, a Mini Rapousinha, se apresentou com um esmalte tão, mas tão lindo, que não tive escolha: vim mostrar os dois!

O da Dedé é Candy da Revlon. Um rosa barbie muito lindo. Na foto que fiz abaixo, o esmalte aparece muito mais clarinho do que ele realmente é. Pesquisando na internet, meio que penei para conseguir uma foto do esmalte, e só consegui uma de um blog gringo. A tadinha da blogueira tem uma mão horrenda, mas como o que a gente quer é ver a cor, tá valendo! Hahahaha.





O meu esmalte é o Breu da nossa conterrânea Panvel. Tava há horas querendo pintar as unhas de preto e em homenagem a mais um Fim do Mundo, imprimi dark feelings nas minhas garrinhas. Gostei do resultado,viu?!


Lançamento da Coleção Inverno 2011 - Chiquita Bacana

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Sarau Elétrico: Edição Sarau do Rádio - 17/05/2011


Eu já havia mencionado aqui sobre um evento cultural, que ocorre toda a terça-feira e que eu adoro: o SARAU ELÉTRICO.

Na última terça-feira, o tema era RÁDIO, com participação especial do Mauro Borba e do Arthur de Faria da Pop Rock. Professor Fischer chegou lá desconhecendo o tema (hein?! Tem que mandar ele ler a crônica falada da Cínthya Verri sobre edição), mas acabou introduzindo um papo bem bacana sobre Borges (o escritor argentino, não o jogador do Grêmio), Argentina,...

Nossa querida Claudia Tajes não compareceu nesta edição. Teria algo a ver com a derrota do Grêmio no último domingo??? Hehehehe. Just kidding!

Destaque para o Prof. Moreno, sempre engraçadíssimo e para o Arthur de Faria que, mesmo abandonado pelos colegas da banda All Stars, apresentou-se solo, no peito e na raça, com versos musicados e com a melhor versão de Music da Madonna ever. Sem contar a emocionante história da partida da pimentinha Elis Regina, última grande artista do rádio do RS, da Vila do IAPI para o mundo! O Arthur tem um projeto bem bacana chamado Música de Bolso. Virei fã!

Semana que vem, tem Carpinejar com seu Borralheiro no Sarau. Não perde!


Arthur de Faria


Rapousas da Confraria dos Emails prestigiando o Sarau


Serviço: Sarau Elétrico
Quando: Todas as terças-feiras, a partir das 21h
Onde: Ocidente - João telles esquina com Osvaldo Aranha
Quanto: R$ 10,00

Imagem do Dia: Alexander McQueen inspired Clutch by Flavinha Mello


Flavinha Mello ahazando no acessório, as usual, na Masquerade Party do Carpe Vita Weekend, em Bento Gonçalves, na noite da última sexta-feira. A clutch, totalmente McQueen inspired, veio diretamente de Londres. Phyna!

terça-feira, 17 de maio de 2011

Fatos e Fotos Carpe Vita Weekend em Bento Gonçalves

Os grupos Carpe Vita, La Barra e DJCOM uniram-se para proporcionar um final de semana inesquecível na Serra Gaúcha. O Carpe Vita Weekend foi bastante apreciado pelos presentes. A escolha do Spa do Vinho como local das festas não poderia ter sido mais acertada. Presenças ilustres compuseram o sucesso do evento: Pati Leivas, Carolina Tomaz, Bruna Barcellos, Luiz Álvaro, Inara Mattos, Clovito Reali, Gustavo Uehara e mais um monte de gente bacana da Panelinha Nacional marcaram presença.

Confiram as flashes de algumas das festas:


MASQUERADE PARTY

Carol + Z; + Camila + Flavinha


Gu Uehara + amiga


Bruninha + Marcão


Lari entre amigos


Flavinha + Claudinha + amigos


SUNSET PARTY

Clovito + Carol


Bruna + Marcão


LA + Pati

Z. + Thiago + Carol


Clovito + Friends


***P.S. Desculpem a falta de fotos da Golden Night Party by Hed Kandi, pois bodiei depois do Sunset e dormi até às 04:00. Cheguei no finalzinho da festa e tinha muito o que aproveitar, razão pela qual, no hay flashes. Ah, e não tirei foto com globais, pq isso é so, so last season! Rá!

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Inauguração Potthoff Pratas no Shopping Iguatemi


Muito feliz com a notícia da abertura de mais uma loja Pottohoff Pratas, sobretudo no Shopping Iguatemi, que é meu vizinho! Parabéns à Popó e a todos envolvidos com o novo empreendimento! Não deixem de prestigiar!

quinta-feira, 12 de maio de 2011

O "Carol" que vive dentro de mim


Alguém, que não é um alguém qualquer, mas "o" alguém, me disse que eu racionalizava demais. Ele fez questão de esclarecer que não se tratava de falta de capacidade de expressar sentimentos, pois isso eu tinha de sobra. Okey, Okey, Okey... Não é o ideal, mas é um pouco mais belo ser percebida desta maneira...

Acontece que nem sempre foi assim, ou melhor, nem hoje é assim com tudo e com todos. Discordo, todavia, da acusação. Sim, porque quando uma coisa é dita, assim, de sopetão, de inopino, sem que nada a respeito tenha sido perguntado, soa como uma denúncia e logo me pergunto: o que será que estou fazendo que o outro não está gostando?

Como a observação (percebam a delicadeza do eufemismo) foi solenemente proferida por alguém que me é muito caro, matutei dias e dias a fio procurando entender o que queria dizer com aquilo e se aquilo, realmente, era verdade.

Minha primeira epifania, se é que pode se chamar assim minha revelação divina, foi a de que, não falar, também é uma escolha. E devo dizer, que das escolhas mais acertadas que, geralmente, faço, pois pronunciar uma série de impropérios, desaforos, profanando verdades íntimas, trata-se da mais pura manifestação de uma alma impulsiva, imatura, impertinente e leviana.

A segunda revelação veio na última edição do Cineterapia, quando a psiquiatra e multimidia Cinthya Verri, advertiu sobre o fato da preguiça travestir-se de autenticidade: quando dizemos tudo que pensamos, sem nenhuma edição.

Ou seja, falar tudo o que se pensa, de qualquer jeito, sem oferecer com amor ou inteligência aquilo o que se quer dizer, não é autenticidade porcaria nenhuma, é pura preguiça!

Sorri, por dentro: os vários anos de divã têm me aberto os olhos, têm feito muitas fichas cairem, têm despertado o posto de saúde que existe dentro de mim.

Tenho toda atenção e cuidado para oferecer minha verdade aos outros, de modo a expressar com toda clareza meus desejos. É possível que tais desejos até não se concretizem, mas vislumbro tanta beleza e serenidade neste ato, que sonho com o dia em que o humilde e esforçado treino vire hábito. Tipo andar de bicicleta e dirigir...

Mas a realidade é cruel: o cuidado que meu adorado interlocutor interpretou como excessiva racionalidade, não funciona o tempo todo, nem com todas as pessoas. Minha natureza é impulsiva, agressiva, impetuosa,... quase burra. É o Carol que habita o Fantástico Mundo de Zabéti.

Reconheço meu Carol, respeito meu Carol, trato meu Carol com todo o amor, carinho e entendimento, porque senão, respeitável público, quem paga o pato soy yo. E é um pato que respinga L'Orange pra tudo quanto é lado, manchando relações, melando sentimentos.

Me afasto dos Carols alheios, aqueles zombeteiros danados! Vade retro Exus do Hell! Estes semelhantes aí ó, se atraem pelo sofrimento, pela disputa de beleza, pela dor e pela doença. A salvação está no afastamento ou no estabelecimento de uma distância regulamentar. Se não for possível, levante bandeira branca àqueles que, apesar de seus Carols, são preciosos demais para que fiquemos afastados. Vale até ordem de restrição, se bobear...

"Racionalizar" demais, não significa apenas não explodir, não ser reclamona, não dar piti, não fazer gritedos e escândalos, significa sim estar com os sentimentos à flor da pele, mas de forma serena, oferecendo amor em doses homeopáticas ou, até, em um gole só. Tente perceber e, quem sabe, saborear o ápice do meu esforço, aceitando esta humilde e sincera oferta?!

Ou então, queixem-se pro meu Carol. Só não abusem, porque se ele for molestado ou maltratado, o revide pode ser fatal. Se acharem ele muitoooo aterrorizante, então queixem-se pro bispo mesmo, ora bolas!

***
Obs.1. Para quem não assistiu ou não entendeu, Carol é o um dos monstros do filme Where the Wild Things Are e representa a confusão egocêntrica e impetuosidade do menino Max, personagem central da história. É a fragilidade, angústia, poder e força andando juntas. Quem não viu este filme ainda, corre pra locadora!

Obs.2. Minha maior inspiração para pensar sobre todo esse assunto são minhas conversas com Fernanda Seelig e Louise Heine. Se estas duas lindas lerem o post, vão perceber muitas ideias que trocamos, ou melhor, que vcs me presenteam. Sem esquecer a contribuição definitiva de Cinthya Verry no Cineterapia e, posteriormente, no Crônica Falada, exibido na última semana, o qual divido com vocês, como prova de todo meu carinho.


quarta-feira, 11 de maio de 2011

Carpe Vita Weekend - Bento Gonçalves - De 13 à 15 de maio de 2011


Galera! Nos dias 13, 14 e 15 de maio, curtirei, juntamente com Pati Leivas, Flavinha Mello, Bruna Bruna Barcellos, Tati Allem, Claudia Sehbe, Inara Matos, Clovito Reali, Gustavo Uehara, Luiz Alvaro Salles Aguiar, dentre outras figuras ilustres o Carpe Vita Weekend, em Bento Gonçalves.

Segue abaixo release do evento, gentilmente enviado pela querida Pati Leivas:

Gente bonita e interessante que compartilha dos mesmos gostos e interesses. Viajar, conhecer pessoas e lugares, degustar a boa gastronomia, valorizar a cultura e as particularidades de cada local e, principalmente, fazer tudo isso ao lado de amigos, são requisitos fundamentais para os integrantes da Carpe Vita.

Uma rede social humanizada que começou como uma baladinha entre amigos com até 200 pessoas e que hoje mobiliza aproximadamente cinco mil integrantes. Todos, garantem os sócios, amigos e amigos de amigos. Douglas de Oliveira, Thiago Zancaner, Rodrigo Arjonas e André Freitas estão à frente dessa rede que realiza, em média, 12 eventos por ano. De clubs e pubs aos lugares mais inusitados e exóticos. Essa é a proposta da Carpe Vita, a festa de amigos que virou rede social de verdade.

Em maio, os integrantes da Carpe Vita seguem para o Vale dos Vinhedos, na Serra Gaúcha, para a Carpe Vita Weekend, que será realizada no Hotel & Spa do Vinho. Para este encontro o quarteto se une com mais dois sócios Sandro Horta, da DJcom e Mano, do La Barra.

A Carpe Vita Weekend terá três dias de socialização, festa temáticas, degustação e muita diversão em meio a uma paisagem um tanto quanto inspiradora. Para animar o evento foram convidados dos Dj’s Memê, Edo Krause e orquestra, Hed Kandi, David Penn e os Dj´s residentes da Carpe Vita. O encontro acontece entre 13 e 15 de maio.

Hotel & Spa do Vinho local escolhido para a Carpe Vita Weekend que acontece em maio e reunirá gente de todo o Brasil para três dias de festa ao som de música eletrônica.

Os pacotes incluem duas diárias, café da manhã, pulseira para todas as festas além de toda a comodidade para curtir também as montanhas cobertas de parreirais, que fazem parte da bela paisagem do Vale dos Vinhedos, hoje visitado por quem aprecia o enoturismo. A cultura local é marcada por traços da imigração italiana como o cultivo da videira e a produção do vinho.

A festa de sexta feira será em alto estilo: Baile de Máscaras, onde as mulheres só poderão usar longo ou longuete e os homens camisa....

No sábado uma super Sunset party para poucos convidados e para os hóspedes, e à noite o selo HED KANDY (um dos mais badalados do house mundial) toma conta da festa, que vai até a manhã de domingo.... Na festa de sábado, os convidados deverão usar branco ou dourado.

Para aqueles que ainda não fazem parte da rede social da Carpe Vita, mas querem conhecer esta comunidade, existe o site www.carpevita.art.br, o Facebook (Carpe Vita) e também o Twitter (@carpevitafestas).

Esta é a programação:

SEXTA-FEIRA – 13/05 – 17h – WELCOME BUBBLE

SEXTA-FEIRA – 13/05 – 23h – MASQUARADE PARTY

SÁBADO – 14/05 – 16h – SUNSET PARTY (festa exclusiva para os compradores do pacote)

SÁBADO – 14/05 – 23h – GOLDEN NIGHT PARTY BY HED KANDI

DOMINGO – 15/05 – 7h – GUESTS AFTER HOUR (festa exclusiva para os compradores do pacote)

DOMINGO – 15/05 – 16h – LATE CHECK OUT



Este é o line-up:

Dutra Villa

Arjonas (residente)

Danna

Pic Schimitz

Memê

André Freitas (residente)

Lucas Masiero

Thiago Zanchaner (residente)

Sandro Horta

David Penn

terça-feira, 10 de maio de 2011

Fatos e Fotos Casamento Lari Milesi e Otacílio Neto

Que minha máquina não anda boa, acho que vocês devem ter notado, né? Vou levar na Assistência Técnica logo, logo, porque é um pecado eu ficar sem bons flashes, tendo comparecido a tantos eventos bacanas, como os das últimas semanas... Mas enfim... Não poderia deixar de mencionar e de colocar os melhores momentos do casório dos meus queridos amigos Lari e Otacílio, que oficializaram a união no último sábado.

A cerimônia religiosa, realizada na Igreja Santa Teresinha da Redenção, foi super emocionante. Otacílio tava nervoso, nervoso, mas tanto ele quanto a Lari não cabiam em si de tanta felicidade. O mais bacana ocorreu na troca de alianças: os noivos foram presenteados com as alianças que perteceram aos avós de Otacílio, cuja união ocorreu em 1938. Muito lindo!

A festa seguiu na Sociedade Libanesa e foi até altas horas. Encontrei muita gente querida que não via há tempo como Pelé, Lelê, Maineri, Marcinha, Judeu, Popó, Aninha Maques, Eduardo Thorell, Karine Legendre, dentre tantos outros.

Destaque para a beleza dos noivos: ambos absolutamente LINDÍSSIMOS!

Como as fotos não estavam saindo boas, os flashes que consegui foram quase todos com minha presença... Espero que não se importem.


Chegada dos Noivos

Noivos e seus pais


Os noivos + amigos (alguns padrinhos)


Lindos!


Eu e os noivos


Aninha Marques


Marcelo Maineri + Evelise Peixoto


Lelê Gheller + Pelé


Lari + Quel + Fabricio


Judeu + Popó


Dancefloor



Minha produção é, novamente, toda da Código Feminino. Maquiagem e Cabelo by Candida. Resolvi fazer cachos desta vez e dar uma puxadinha de leve no meio para ficar mais ajeitadinho. O vestido foi feito com uma constureira da family years ago, o brinco é emprestado da amiga Mel, então não sei a marca e o sapato tigrado e violeta é da Schutz. Abaixo mais detalhes:


segunda-feira, 9 de maio de 2011

Fox Tips: Super Promo Código Feminino


Tô sendo uma mãe pra vocês, hein??? Recebi por email desta super promo de uma das minhas estéticas prediletas, a Código Feminino, com a barbada de fazer escova, make up e sobrancelha ou buço com fio, por apenas R$ 59,00. Eu posso assegurar que é a barbada do século, pois as profissionais são de altíssima qualidade. Cedinho, na quarta ligarei para comprar meu cupom. As instruções estão na foto (clique para ampliar).

sábado, 7 de maio de 2011

Fatos e Fotos Casamento Isa Kalsing e Luciano Saccilotto Mendes

E ontem tive o prazer de participar da celebração de união de um amor que vi florescer e amadurecer. Linda cerimônia religiosa da Igreja Santa Terezinha da Ramiro e festão na Libanesa. A noiva estava linda, em um modelito parecia diretamente saída de um conto de fadas. A felicidade era latente! Parabéns aos noivos!













Minha produção é toda da Código Feminino. Maquiagem by Candida e Cabelo by Betty. O vestido é Alphorria mega antigo, o brinco Maria Manuele (lojinha da Visualité) e o sapato preto e violeta com cristais pretos lindoooo é da Schutz. Abaixo mais detalhes:





Fotos by Z.