quinta-feira, 31 de março de 2011

Eu quero sair assim no próximo inverno... Parte III




Lala Rudge poderosíssima de blusa de renda Lethicia Bronstein Pompeu, calça de couro com corte a laser Lilly Sarti, pumps Louboutin e clutch Valentino. Com um casacão de lã clássico ou até de chamoix com pele (como um lindo que eu tenho), é o outfit perfeito para uma janta a dois ou com as amigas ou, ainda, para balada, nos dias de inverno.

sábado, 26 de março de 2011

Esmalte da semana: Café Creme da Impala


Fazia tempo que não rolava o esmalte da semana, né? Isso se deve à destruição das minhas unhas no carnaval carioca e a falta de máquina fotográfica na semana passada. Como minhas unhas estão curtinhas, curto muito usar esmaltes escuros. O café creme é um marrom bem phyno, meio acizentando. Pensei que não ia ficar bem com algumas roupas mais coloridas, mas ledo engano: ele vai bem com tudo. Curti!

quarta-feira, 23 de março de 2011

Lançamento Coleção Inverno Arezzo 2011 - Campanha Glória Pires


E Glória Pires é a estrela da campanha da coleção de inverno 2011 da Arezzo, que tem coquetel de lançamento hoje, na loja do Iguatemi, para convidados. Pra variar, Flavinha Mello será a responsável pelo coquetel. Vai ser tudo lindo, as usual.

terça-feira, 22 de março de 2011

Lançamento do novo site da Schutz e da coleção de inverno 2011

Nesta quinta, dia 23/03, a partir das 16h, a Schutz recebe convidados para lançamento de seu novo site e da coleção inverno 2011, na loja da Padre Chagas, n.º 208, em Porto Alegre.

A querida Débora Tessler, da Tess Fashionbiz, me mandou um release da coleção. Delicie-se com as novidades!


MODERN NOSTALGIA

Uma releitura de ícones dos anos 1950 e 1960.

A estética retro é modernizada com color blocks, verniz colorido, pespontos e lace-ups.

Entre os key itens estão: sapatos bicolores, sapatilhas mocassim de verniz, booties com laços e scarpins que remetem o estilo oxford.

As bolsas são estruturadas com referencias lady like, explorando combinações de materiais brilhantes como o verniz a estampas de croco e animal.


URBAN ESSENTIALS

Esta linha abraça o lifestyle das grandes metrópoles, unindo o conforto a um estilo contemporâneo e funcional.

As slouchy boots, as construções com solado de crepe e as botas com solados tratorados e serrilhados, são uma forte aposta da temporada.

O verde militar, preto e o cognac formam uma cartela de cores simples e elegante, principalmente aplicada em itens bicolores.

LUXURY TRIP

Uma moda excêntrica, que une diferentes referencias do luxo, explorando matérias nobres como o veludo, cetim e spechio, revitalizados para o uso diurno.

A Schutz aposta em modelos marcantes com aplicação de pele/ gamulan e flores invernais.

INSIDE THE MACHINE

Inspirado em desenhos mecânicos, esta tendência traz traços fortes e recortes orgânicos. Tela, cravinhos e metais rústicos ajudam a compor esta estética marcante.

As bolsas hobo e carteiro são adornadas com hardwears pesados e contrastantes.

GIRLS NIGHT OUT

Nesta coleção a linha balada da Schutz aposta nos saltos pino, glitter, cristais, spechio e amarrações ultra sexies. Nossas botas over the knee, são um must have da estação.

segunda-feira, 21 de março de 2011

segunda-feira, 14 de março de 2011

Blocos de Rua do Carnaval do Rio 2011

Estreiando no Carnaval do Rio, descobri algo que pode parecer óbvio para os veteranos ou para os menos desavisados, mas minha brilhante conclusão é no sentido de que, definitivamente, NÃO DÁ PRA FAZER TUDO!

Não dá pra sair de noite e ficar até de manhã e ir nos melhores blocos. Não dá pra curtir o dia inteiro em um bloco e ir pra Sapucaí. Não dá pra ir em dois blocos bacanas que acontecem simultaneamente,... Enfim, sempre elas: ESCOLHAS!

Devemos nos organizar e escolher a programação que mais nos convém e agrada, porque a cidade fica lotada, a gente cansa, o corpo dói,...


Mas hoje eu gostaria de falar dos blocos de rua. Fiquei 2 abençoadas semanas no Rio e acredito ter ido em alguns dos melhores blocos. Lamento ter deixado de ir em outros como o Suvaco de Cristo, Empolga às 9, Sassaricando, Boitatá, Corre atrás, Escangalha, Vagalume, Bangalafumenga,... Masssss, fica para uma próxima...


Vamos falar dos que eu fui, das minhas impressões e das minhas dicas:

- Programar-se para ir no bloco é fundamental. O ideal é chegar ainda na concentração para poder acompanhar o bloco perto do carro de som ou da bateria (para mim, os melhores lugares para pular carnaval);

- Se o bloco começar de manhã cedo, não saia na noite anterior, pois o aproveitamento, definitivamente, não é o mesmo;


- Verificar, antecipadamente, a melhor forma de chegar até o bloco. Em determinados horários, não têm taxis disponíveis, pois a demanda é enorme. Além disso, muitos taxistas não pegam foliões sujos, suados ou muito bêbados. Pedir taxi com latinha na mão não é uma das melhores ideias do mundo;


- Caprichar nas fantasias ou adereços. Ninguém liga se você estiver super fantasiado;

- O melhor outfit pra curtir os bloquinhos é shortinho com bolso, regata e tênis. Sugiro não ir de bolsa. Coloca o dinheiro, o celular e a máquina fotográfica dentro dos bolsos e vá ser feliz. As bolsas são um convite ao furto. Saí as primeiras vezes de chinelo e tava me achando o máximo, até que uma querida pisou nas minhas havaianas fashionistas e as destruiu. Com tênis não tem erro. E nada de sapato novo. A galera pisa neles, você pisa em poças,... Já viu, né???


- Pra quem, realmente, quer brincar carnaval, o ideal é ir em blocos que começam pela manhã, onde há famílias, crianças, foliões inofensivos e menos gente;


- Antes de ir ao bloco, verifique a sua disposição de segui-lo até o final. Muitos blocos passam por ruas fechadas e são muito cheios (vide os que passam pela Rua Jardim Botânico e Santa Tereza), e você não tem para onde fugir. Sobretudo se estiver no final do bloco;


- Alterne bebidas alcóolicas com água. É muito calor e o álcool desidrata...


- Carnaval cansa, debilita: tenha sempre itens de primeiros socorros como bandaid, gelol (ou outra pomada ou spray para aliviar a dor) e remédios indicados por seu médico;


- Se alimente bem: saco vazio não pára em pé. O bacana do Rio é que todo lugar tem opções saudáveis e ninguém precisa se jogar nas gordices de um Mc Donalds da vida;


- Se puder, vá de metrô. É mais barato, tem um ar condicionado incrível e muito seguro;


- Pelo menos na zona sul, ir de bloco em bloco pode ser uma dor de cabeça, porque têm muitos blocos acontecendo ao mesmo tempo e as ruas são fechadas. Então, se der pra andar, ande. Fiquei quase uma hora dentro de um taxi para dar volta na quadra!

- Não desanime se não tiver companhia pra ir no bloco. Vá sozinha(o) mesmo. Os blocos são seguros, via de regra, sobretudo os que acontecem pela manhã. O Rio contou com muitooooo policiamento neste carnaval, além de câmeras espiãs que capturaram tudo;


- Apesar de ter diversos banheiros químicos, as filas são inevitáveis. Uma das maiores campanhas deste carnaval foi no sentido de que os foliões não fizessem xixi nas ruas, o que, vamos e convenhamos, é uó mesmo, né??? Uma boa alternativa é comprar alguma bebida em algum bar e restaurante no caminho do bloco e usar o banheiro. Alguns cobram algo como R$ 1,50 ou R$ 2,00, mas valem a pena, porque, via de regra, são mais limpos e têm papel.

Agora, vamos às minhas impressões dos bloquinhos que fui, em ordem de acontecimento:

- SIMPATIA É QUASE AMOR: Com as cores amarelo e lilás (cores do Engov???) e o grito de guerra: Alô, burguesia de Ipanema!, o Simpatia é Quase Amor está no seu 26ª ano de apresentação. Fomos no pré-carnaval (sábado anterior). O tema deste ano homenageou a praia onde o bloco tem sua história:"Ipanema está tão bela, não existe nada igual. Simpatia é aquarela... é carnaval." O bloco é bastante grande (75 mil pessoas!!!!!) e sai da Praça Gen. Osório em Ipanema e vai até o posto 10, pela beira-mar. Tem música própria, mas alterna com marchinhas conhecidas e grandes sucessos do carnaval. Nos divertimos muito. Como ia pela Av. Vieira Souto, a saída era fácil e o acesso ao carro de som e bateria também. Não sei como foi durante o carnaval, porque não conseguimos chegar, tamanha era a quantidade de gente. No pré-carnaval, bastante gente bonita, muitos gringos e famílias.





- VIRTUAL: Saiu na quinta-feira que antecedia o carnaval, no Corte do Cantagalo, na Lagoa. Som bom, pessoas bonitas (pelo que me lembro). Começou 18h e foi até beeeem tarde.



- CARMELITAS: Um bloco super tradicional em Santa Teresa, que existe desde 1991 e surgiu a partir da lenda de que uma das enclausuradas freiras do Convento de Carmelitas de Santa Teresa teria pulado o muro do covnento no carnaval e se misturado aos foliões. Saiu às 13h de sexta-feira e novamente na terça de carnaval. Muitaaa gente bonita e interessante. Valeu muito a pena. Mas é Santa Teresa, né? Muvuca na certa!





- AZEITONA SEM CAROÇO: Começou às 18h de sexta no Leblon. Teenagers por tudo quanto era lado. Não consegui achar o bloco, mas as ruas estavam tomadas de tanta gente. Não curti.



- CÉU NA TERRA: 7h da matina de sábado. É, também, um dos blocos mais tradicionais do Rio. Levou 10 mil foliões às ruas de Santa Teresa. Muita gente fantasiada, dificuldade de ir ao banheiro e de sair do bloco. O ideal é ir na frente do bloco (e não sair no dia anterior - fui virada e foi uma indiada!).







- VOLTA ALICE: Melhor bloco de todos, na minha h.o. Saiu às 09h de segunda, da esquina da Rua das laranjeiras com a Rua Alice, em Laranjeiras. O bloco homenageou o Seu Edgar, um dos patronos do bloco e também dono da Tasca do Edgar, bar tradicional da Rua Alice com um enredo super empolgante. Tiago Mocotó (lindooooooo!!!!), irmão de Gabriel, O Pensador, é compositor e puxador do bloco. O bloco é cheio, mas não tem empurra-empurra. Presença de muitas famílias, crianças, e de gente bonita. Valeu muitooooo a pena!








- SARGENTO PIMENTA E A BANDA DOS CORAÇÕES SOLITÁRIOS: Bloco novo no carnaval carioca, entoou canções dos Beatles em ritmo de carnaval. Saiu às 16h da esquina da Conde de Caravelas com Real Grandeza em Botafogo (perto da Cobal de Humaitá). Tava tão cheio que não se conseguia chegar perto do bloco. Não consegui aproveitar.



- ARROXA: Saiu na terça, de manhã, da Praça Santos Dummont na Gávea. Marchinhas de carnaval, gente jovem e bonita compunham o cenário. Adorei.

- ORQUESTRA VOADORA: Saiu às 15h de terça. Rola na frente do MAM, no aterro do Flamengo. Muito, muito, muito cheio. Estava tão cansada do Arroxa que também não consegui curti. Mas todo mundo que interessava tava por lá.

Espero que tenham gostado do post. Quem quiser dar dicas de outros blocos ou sua opinião sobre os aqui citados, comente, plissssssssss!

Fotos e vídeos by Z. e divulgação

sexta-feira, 11 de março de 2011

Ensaio da Bateria da Viradouro


Eu nunca tinha ouvido uma bateria tão de perto. É lindo, verdadeiramente emocionante. Mesmo não estando no Grupo Especial, Viradouro é Viradouro e sagrou-se vice-campeã do Grupo de Acesso A do carnaval 2011.

O samba-enredo da Viradouro, em 2011, estava especial - QUEM SOU EU SEM VOCÊ?


JUNTOS, VAMOS CHEGAR
AO NOSSO LUGAR TÃO ESPECIAL
UNIDOS POR UM PAVILHÃO
UM APERTO DE MÃOS E O MESMO IDEAL
QUANDO A SOLIDÃO ME ABRAÇOU
PEDIU, POR FAVOR: ME DEIXA FICAR
FIZ GESTOS, SINAIS, MOSTREI SER CAPAZ
ENCONTREI A LUZ EM OUTRO OLHAR
O FOGO ESQUENTOU O SENTIMENTO
A ARTE PINTOU O ENTENDIMENTO
O VERBO COLORIU O SABER
E O VERSO SORRIU AO TE ESCREVER

VENCI BARREIRAS, DISTÂNCIAS, FRONTEIRAS

BUSQUEI MANEIRAS DE TE ENCONTRAR
SEGUI TEUS PASSOS, LIGUEI NOSSAS VIDAS
NUM FORTE LAÇO PRA NÃO DESATAR

A COMUNICAÇÃO

UNE O IRMÃO, TRAZ FELICIDADE
EU QUERO VER SEMPRE MAIS PERTO
DE PEITO ABERTO A HUMANIDADE
APROXIMAR, CONECTAR
ENXERGAR NO ESPAÇO UM CAMINHO
EM UNIVERSOS PARALELOS
NO PLANO MAIS BELO: NÃO SER SOZINHO
SE ATÉ A DOR PRECISA DE ALGUÉM
EU, SEM VOCÊ, SOU NINGUÉM

O AMOR ESTÁ DENTRO DE NÓS

NA PAZ, NA VOZ DO CORAÇÃO
NA VIRADOURO, A ESPERANÇA
É ALIANÇA, É UNIÃO



Dá uma olhada nos vídeos que fiz lá no ensaio e deliciem-se!


terça-feira, 8 de março de 2011

Canja do Falcão no Baile do Sapucapeta

O bloco tomou proporções enormes e precisou virar baile. Confere como foi bacana a canja que o Falcão deu no último sábado no Jockey. Para saber sobre Sapucapeta acessa aqui.


sábado, 5 de março de 2011

Especial Carnaval - Fatboy no Rio Music Conference na Marina da Glória

Começou na quarta-feira o Rio Music Conference, o maior encontro sobre música eletrônica e entretenimento do hemisfério sul, que conta com workshops, painés, feiras de negócio e, of course, balada.

Ontem foi o dia de Fatboy agitar as picapes no Copacabana Stage e de nomes como Mary Zander e Booka Shade comandarem as carrapetas no Ipanema Stage.

Lotada, a festa foi incrível e contou com a presença de integrantes do Black Eyed Peas e de algumas subcelebridades do tipo Alan e Alemão do BBB.

Confiram o video do encerramento da apresentação do Fatboy: I have to praise you like I should...