quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Diário de Viagem - Road Trip - Uruguay - Argentina - 4º Dia

Continuando nossa Road Trip, o 4º dia também foi em Buenos Aires. Como mi hermanita nunca tinha estado na capital portenha, aquele city tour básico (mas bem básico mesmo) foi obrigatório.

Das primeiras vezes que eu fui, lembro que fiquei um dia inteiro em City Tour de agência de turismo e apesar achar isso um saco, pelo menos, ficamos com uma noção bem satisfatória da história da cidade e de algumas curiosidades. Então, se você não conhece nada sobre Buenos Aires, a dica é que participe de um destes City Tours. Informe-se com seu agente de viagem ou no hotel mesmo.

Fomos a La Boca, passeamos por fora do Estádio do Boca Junior (nada de visita inside ou no museu). Seguindo, demos uma pernada pelo Puerto Madero e depois seguimos para a Playa de Mayo, onde passamos pela Casa Rosada e pela Catedral.

La Boca


Caminito


Puerto Madero


Casa Rosada


Playa de Mayo


Depois do almoço, em um restaurante péssimo que nem mencionarei, demos uma descansadinha básica e resolvemos nos jogar na Outletlândia de BsAs, aka Calles Aguirre, Córdoba e Gurruchaga. Mas primeiro fizemos um pit stop para um cafezinho no Starbucks das Galerias Pacífico, pois ninguém é de ferro.



Confesso que nossa perigranação pelos outlets da Aguirre e arredores poderia ter sido mais produtivo se tivéssimos dedicado uma tarde ou mesmo um dia inteiro para isso, mas chegamos bem no final da tarde, cansadíssimas, de modo que o aproveitamento não foi 100%.

Gostei muito da Nina Piu, loja de acessórios, com muita variedade e preços amigos, que fica no n.º 782 da Calle Aguirre.


A Desiderata, em que pese não fosse das mais baratas, tinha roupas lindas e de qualidade (o que não é muito comum nas lojas argentinas...). Fica na Gurruchaga, 787.



A Express Outlet é uma loucura: camisas, camisetas, casacos, tricôs para eles e para elas, por pechinchas. Se procurar com afinco, pode-se encontrar ótimas peças lá. Fica na Gurruchaga, quase em frente ao outlet da Lacoste.



O outlet da Caro Cuore da Aguire 824 me decepcionou a valer. Verdadeiro balaião, tudo barato, mas também muito feio (ou será que a ransinho aqui não tava era muito cansada???). A Paulinha do Sweetest Person fez um post bem bacana sobre os outlets. Clica aqui pra ver.



Depois desta desventura consumista que resultou em pouquíssimas compras (eu comprei somente uma manta linda na Rapsodia por R$ 40,00 - em breve post) e muita dor nos pés, decidimos conhecer o badaladíssimo restaurante Casa Cruz. Devo dizer, principalmente aos meus amigos Destemperados e In Spirits que, de fato, tratou-se de uma experiência única!



Um dos restaurantes mais badalados (senão o mais) de Buenos Aires, fica na Calle Uriarte, 1658. O aguçamento dos sentidos e o bom atendimento são primados pela casa, desde a entrada pela belíssima porta de cobre/bronze/ouro???, passando pelo bar da entrada até a acomodação nas mesas e o deleite gastronômico, é tudo puro prazer.

Cada mesa recebe o atendimento de vários garçons educadíssimos e solícitos. Como lá é muito escuro, as fotos não ficaram boas. A do meu prato principal, todavia, acho que ficou razoável e dá uma ideia do requinte do lugar. Como foi em julho, não lembro exatamente o nome do prato, mas era um pato (Quééééén!!!!). Delicious!



Sou da humilde opinião de que o restaurante Casa Cruz é parada obrigatória em Buenos Aires aos amantes da gastronomia. Não é um restaurante barato, mas o Custo X Benefício é bem honesto. Com entrada, prato principal, sobremesa e vinho, pode-se chegar de R$ 150,00 à R$ 200,00 por pessoa, mas pondero que o prato principal é bem servido e pode-se ficar somente nele. Destaque para o Apple Martini do Casa Cruz - P E R F E I T O!!!!

Nenhum comentário: