quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Anna dello Russo: Streetstyle is a job



A famosa e talentosíssima editora de moda da Vogue Japão, Anna dello Russo, denominada por Hemult Lang como fashion maniac, em entrevista a Swide, blog da marca D&G, expôs sua opinião a respeito de streetstyle, do qual ela é musa e ícone absoluta.



Anna afirma que Scott Schumman, a.k.a. The Sartoralist, lhe deu outra carreira, após anos como editora de moda. "É como se, de repente, as câmeras se virassem para mim", ressaltou Anna ao explicar que, em se tratando de moda, antes desse fenômeno do streetstyle, existiam a modelo, o fotógrafo e um grande time. Quando as câmeras se voltaram para esses ícones da vida real, os incentivaram a começar uma nova carreira. Anna aplica ao streetstyle os mesmos princípios da sua profissão de editora de moda, planejando seus looks com antecedência, sem, contudo, perder a espontaneidade.

"The styling work was the same, only done to myself. And so when the whole thing happened I was prepared, I knew what to do. The whole streetstyle thing these days is like a job, it's all planned and thought up in advance; it's not as though you just "happen" to run into one another. Outfits are prepared in advance... I just hope it doesn't end up making it lose its spontaneity and make it become fake."

Anna ressalta que planeja seus outfits com 6 (seis) meses de antecedência, editando roupas (mais ou menos 90 looks para cada semana de moda), e pensando o que fica bem perante as lentes. Suas escolhas são feitas de modo a não cair na mesmice e na chatice, alternando estilos ou trazendo looks diversos e com surpresas, mesmo quando se mantém fiel ao um mesmo estilo.



Anna enfatiza a importância dos blogs no mundo da moda, não só como vitrine, mas como instrumento de comunicação de massa, aberto a todas pessoas. A editora de moda, inclusive, possui um blog, o qual pouco atualiza pessoalmente por não estar familiarizada com a linguagem online, sendo mais uma coletânia de suas melhores composições fashion.

"Fashion was born way before me. From a very young age I understood fashion was my passion, I was obsessed; I wanted to grow up to own as many clothes as possible. I was attracted to my mother's friends' clothes, anything that sparkled etc. There was no other way for me than to work in fashion. There was nothing pragmatical about it at all, I actually had to change careers to end up working in fashion... It was just meant to be. I like clothes not for their prices or other such aspects but for their evocative power, how much "dream" they carry with them."

Para quem não sabe, Anna estreiou nas telas com o reality Fashion Academy, um projeto que pretende ensinar moda de forma moderna e interativa. Confiram o video:



Fonte: Swide
Fotos:
Swide, Garance Doré e divulgação

Um comentário:

Scheila Wolschick disse...

Temos uma gaúcha participando deste Reality Fashion: Roberta Weiand, de Lajeado. Orgulho pra gente!!