segunda-feira, 16 de junho de 2008

O SER COERENTE...

Ser uma pessoa coerente não tem nada a ver com preservar, em salmoura ou formol, velhas idéias que já não encontram amparo no mundo real. Idéias que podem até ter sido válidas no passado, mas que, por força das muitas e contínuas mudanças, já não o são.

Muitos confundem a mudança, com ser volúvel. A mudança é inerente a tudo o que é vivo, pulsante. Se não sentimos que estamos mudando é porque algo está fora do prumo. A vida é extremamente coerente, é um lugar comum, onde nada se repete.

Se o meio muda automaticamente penso que devemos nos adaptar aos novos acontecimentos, isso se a mudança nos levar para mais perto dos nossos sonhos. Penso na importância da vigilância dos sentidos.. esse sentimento me ajuda ou não?!

Por vezes, gosto de focar a que tipo de mudança temos nos proposto. Vejo pessoas por demais preocupadas com mudanças externas. Outras, inclusive, dizem ter mudado sua forma de pensar, agir, falar. Mas a diferença maior só ocorre se eu decididamente estiver disposto a fazê-la. Todos, sem exceção, "nascemos originais e morremos iguais". Eu posso chamar à atitude coerente, evolução! Afinal, "é impossível crescer e, continuar do mesmo tamanho".

Ser coerente não significa cultivar um apego rígido a princípios e fórmulas que não passam de superstições. Ser coerente é não abrir mão de seus Valores. Tudo mais, idéias, conceitos, a visão e até a sua “missão” pode e dever ser revista com uma freqüência razoável. Aliás, uma frequência cada vez maior. Apenas os valores é que não podem ser ignorados, nem alterados.

Não fosse assim e, até hoje, continuaríamos acreditando que o mundo é plano, que a Terra é o centro do universo e que comer manga com leite mata. Como diria a propaganda do Anchieta, CRESCER É FÁCIL, DIFÍCIL É EVOLUIR!!!
Besitos BN.

6 comentários:

Z. disse...

Belo post, mana BN... Ser coerente significa ouvir, mais do que falar e raciocinar... Mudar, em muitos casos, é sinal de inteligência e não uma incoerência!

Alexandre Gil disse...

provocativo tema!!!!

a questão é: Época de mudança? ou mudança de época?

minha consideração, se passa por duas palavras, sendo elas, princípios e valores.

Eu particularmente peço a DEUS todos os dias duas virtudes, sabedoria e discernimento no que me proponho a seguir com as inumeras oportunidades do dia a dia.

Sinceramente, como engenheiro, penso que qdo tudo está instável, como está a sociedade no aspecto pessoal e comercial é uma M.
Para mim, o bom é a estabilidade. Quando tudo está instável, mtas coisas acontecem, mas as áreas que sofrem perdas, normalmente são irreparáveis. Faço uma reflexão aos dinossauros extintos.

Enfim, como será que estaremos daqui a vinte anos?

BN disse...

"O essencial é invisível aos olhos..." Saint Exupérry
Qm ser o Hunter Alexandre??? :D
Besitos

J disse...

Mudar é essencial. Como diria Dr. Nelson Spritzer, até uma ameba muda e evolui. O universo conspira a favor de mudanças que levam à evolução. No entanto, muitas vezes, nós mesmos colocamos obstáculos às transformações por medo, insegurança, comodismo. E isso é um erro. Não existe amadurecimento e crescimento sem mudanças. Mudar é essencial... E SEMPRE PARA MELHOR, por favor!

Segue texto de Clarice Lispector sobre o tema: MUDE!

"Mude,
mas comece devagar,
porque a direção é mais importante
que a velocidade.

Sente-se em outra cadeira,
no outro lado da mesa.
Mais tarde, mude de mesa.

Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua.
Depois, mude de caminho,
ande por outras ruas,
calmamente,
observando com atenção
os lugares por onde você passa.

Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas.
Dê os seus sapatos velhos.
Procure andar descalço alguns dias.

Tire uma tarde inteira
para passear livremente na praia,
ou no parque,
e ouvir o canto dos passarinhos.

Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas
e portas com a mão esquerda.

Durma no outro lado da cama...depois, procure dormir em outras camas.
Assista a outros programas de tv,
compre outros jornais...
leia outros livros,

Não faça do hábito um estilo de vida.
Ame a novidade.
Durma mais tarde.
Durma mais cedo.

Aprenda uma palavra nova por dia
numa outra língua.
Corrija a postura.
Coma um pouco menos,
escolha comidas diferentes,
novos temperos, novas cores,
novas delícias.

Tente o novo todo dia.
o novo lado,
o novo método,
o novo sabor,
o novo jeito,
o novo prazer,
o novo amor.
a nova vida.

Tente.
Busque novos amigos.
Tente novos amores.
Faça novas relações.

Almoce em outros locais,
vá a outros restaurantes,
tome outro tipo de bebida
compre pão em outra padaria.
Almoce mais cedo,
jante mais tarde ou vice-versa.

Escolha outro mercado...
outra marca de sabonete,
outro creme dental...
tome banho em novos horários.

Use canetas de outras cores.
Vá passear em outros lugares.
Ame muito,
cada vez mais,
de modos diferentes.

Troque de bolsa,
de carteira,
de malas,
troque de carro,
compre novos óculos,
escreva outras poesias.

Jogue os velhos relógios,
quebre delicadamente
esses horrorosos despertadores.

Abra conta em outro banco.
Vá a outros cinemas,
outros cabeleireiros,
outros teatros,
visite novos museus.

Mude.
Lembre-se de que a Vida é uma só.
E pense seriamente em arrumar um outro emprego,
uma nova ocupação,
um trabalho mais light,
mais prazeroso,
mais digno,
mais humano.

Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as.
Seja criativo.
E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem
destino.
Experimente coisas novas.
Troque novamente.
Mude, de novo.
Experimente outra vez.

Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas pitorescas que as já conhecidas, mas não é isso o que importa. O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia.Só o que está morto não muda !

Repito por pura alegria de viver:
a salvação é pelo risco, sem o qual a vida não vale a pena!!!!"

Bjs J

J disse...

PS: Estudei no Anchieta... ;)

Z. disse...

"Não é triste mudar de idéia; triste é não ter idéias para mudar." Barão de Itararé